Melasma x Decisão

A falta de conhecimento sobre o melasma atrapalha muito no tratamento desta hiperpigmentação e no seu respectivo processo de silenciamento. Se vocês tivessem conhecimento mais técnico, o que não é fácil, e vocês não tem obrigação nenhuma de saber porque não são da área, ajudaria muito no tratamento.

Se você quer tratar o melasma, é necessário decidir isso. Da mesma forma que se decide uma reeducação alimentar e se fica firme no propósito. Tratar melasma é difícil! 

Percebo que quem tem mais comprometimento com o tratamento são aquelas mulheres que possuem mais complexo e mais sofrem com as manchas. Muitas vezes, infelizmente, essas mulheres não têm condições financeiras para levar o tratamento adiante. E, no que diz respeito ao tratamento do melasma, não pode parar. Quando você para, é como se perdesse tudo que investiu. Então, às vezes, é melhor esperar um tempo para começar, para assim conseguir dar continuidade ao tratamento. 

O tratamento de melasma não é barato porque envolve sempre tratamento oral (cápsulas), e tratamento tópico, que são os cremes e filtros solares físicos. Além disso, é indispensável que se tenha compromisso, compromisso com evitar sol, não ir à praia. Não é fácil, mas vale muito a pena. Eu sei que pode haver uma situação especial, um casamento, uma festa, que você tenha que ir para a praia, mas você ir a praia para tomar sol vai atrapalhar seu tratamento.

Tem mulheres que acham que porque passaram o filtro solar podem ir pra praia ficar tomando sol e não, não pode! O sol esquenta a pele. Toda vez que possuímos presença de calor, significa que estamos tendo uma radiação infravermelha e ela mancha a pele.

Outro detalhe: não usem hidroquinona, a não ser que através de tratamento médico. A gente sabe que após um período de tempo acontece o efeito rebote e o melasma retorna de forma triplicada, podendo ocorrer até mesmo ocronose (afundamento da pele e manchas profundas, perto da coloração azul). 

 

Não vale a pena ter pressa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *