Como vencer a Queda de cabelo na Menopausa

Se você está percebendo que está envelhecendo e seu cabelo está diminuindo, tanto em quantidade quanto em tamanho e espessura, entenda a relação da queda de cabelo e rarefação com a menopausa e o climatério a partir deste artigo!

Quando envelhecemos, é comum acontecer o afinamento do fio de cabelo e também a diminuição da quantidade de fios. 

Eu recebo muitas perguntas de como reverter esta situação. A priori, sempre falo que mulheres que usam testosterona para ficarem musculosas e terem hipertrofia podem sofrer com este efeito colateral advindo do uso do hormônio masculino. Neste caso, não tem o que fazer. Se você usa suplementação, modulação ou reposição hormonal de testosterona em altas quantidades, você vai ter problemas sim de queda de cabelo.

Mas, o que fazer se tiver sintomas de queda capilar e não fazer uso de testosterona? Existem suplementos orais com biotina e suplementos tópicos (para espirrar uma substância no couro cabeludo e fazer uma massagem antes de dormir), não é rápido como minoxidil, porém não possui efeitos colaterais. 

Quando você para de usar o minoxidil, o cabelo regride, ou seja, é necessário usar sem pausas. Já o tratamento de dentro para fora com suplementos, vitaminas e minerais, é diferente. Você está nutrindo o bulbo, que é responsável pela fabricação dos fios. Não pense que é um processo rápido, pois este se encontra dentro da pele e os estímulos fazem com que os fios se fortaleçam gradualmente até começarem a sair da derme mais grossos e com mais volume. 

É possível visualizar as mudanças a partir de 3 meses de tratamento.

Achou este conteúdo útil? Compartilhe com suas amigas nos links abaixo e deixe seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *